Shoes, Raquel Corrêa

A Raquel começou por ser uma parceira da Bride to Be, mas cedo percebemos que tínhamos muita coisa que nos unia e que podíamos ser uma dupla forte que se complementava na perfeição.


É formada em Hotelaria e Turismo, trabalhou em vários hotéis e foi no Porto, onde viveu, que tirou uma especialização e criou a sua própria marca de sapatos, totalmente personalizáveis para noivas e convidadas.


Foi responsável por uma concept store no Chiado e fala fluentemente 4 línguas. Calma, pragmática, divertida e de sorriso fácil, boa profissional e atenta aos detalhes, alguns dos muitos aspectos que fazem com que trabalhar com ela seja tão fácil.

Reservada com a sua vida pessoal só gosta de aparecer para falar do seu trabalho. É uma mãe super babada, com uma família muito unida.


É a responsável pela área das parcerias da Bride to Be é com a Raquel que devem falar se quiserem fazer parte desta família, que tem como único objectivo, ter num só espaço os melhores serviços e artigos para noivos e casamentos.


Apresenta-te (fala-me um pouco da tua vida pessoal, filhos, cães, gatos..)

Raquel Corrêa, 36 anos.  Nasci na Suíça, parte alemã, onde vivi a minha infância e vim para Portugal com 8 anos. Sempre estive habituada a viajar e falar outros idiomas e talvez por isso, com muito gosto, formei-me na área de hotelaria e turismo. Estudei na ESHTE, em Portugal, estagiei nos Estados Unidos e tirei cursos em Itália e Alemanha. Trabalhei em Portugal até decidir tirar uma pós graduação em gestão hoteleira, na escola de Les Roches em Marbella. Acabei por depois estagiar e ficar a trabalhar na Alemanha durante uns tempos. Resolvi depois regressar a Portugal onde trabalhei em hotelaria até 2013, ano em que, apesar de ter recebido a proposta de promoção para ficar como directora do hotel, acabei por mudar de vida e mudar-me para o Porto para tirar uma formação na área do calçado durante um ano.  Após a formação criei a minha marca de calçado e até hoje desenvolvo coleções, ainda que tenha começado com uma coleção de mãe-filha e pai-filho e neste momento me dedique exclusivamente a calçado personalizável para noivas e meninos de alianças. Entretanto abracei o projecto de ficar como sócia da loja Bride to Be concept store e também como sócia da empresa Save the Date, que de alguma forma me liga novamente à minha formação e experiência na área de hotelaria e turismo, através da organização de eventos, nomeadamente casamentos. Acabo por estar ligada a três projectos diferentes mas todos ligados à área de casamentos, o que me mantém sempre activa e motivada.  Já tive animais de estimação, cães. Adoro! Nao imagino ter qualquer outro tipo de animal. Mas foi há bastantes anos. O sentimento da perda tem sido decisivo quando penso adquirir mais algum cão. Talvez daqui a uns tempos, quando os filhos pedirem muito, muito, muito, deixarei de ter hipótese, quem sabe... Como começaste a trabalhar nesta área? Os imensos sapatos altos desconfortáveis que calcei, foi o factor decisivo que me fez mudar de vida. Em 2013 tirei a formação em calçado e em 2014 lancei-me na aventura de criar a minha marca e lançar a primeira coleção. Acabei por criar uma rede de contactos importante durante a formação, o que me permitiu aceder a uma série de fornecedores e fábricas de calçado. Foram muitas delas tentativas-erro até chegar aqui. Mais tarde ainda fiz uma formação de design de calçado na LSD, em Lisboa. Hoje em dia tenho um pequeno atelier próprio que me permite das resposta às noivas que me procuram. Trabalhaste sempre nesta área? Não 

O que mais gostas no teu trabalho? De criar! Descobrir novas técnicas e materiais. De surpreender e deixar noivas muito felizes. Viagem de sonho? Muitas. Adoro viajar! Já fiz algumas, mas ainda faltam outras tantas...Safari em África, Road trip por toda a Itália. Viajar nunca chega e nunca é demais  Se pudesses escolher alguém para viveres um dia inteiro, quem escolhias? Adoro estar em família. E sou sempre muito positiva. Não consigo pensar na hipótese de ter apenas um dia e portanto ter que fazer uma escolha difícil. Juntaria os meus pais, filha, marido e irmão, no mínimo. Isto seria um dia perfeito!  Que personalidade nacional e internacional admiras? Admiro muito poucas, mais o percurso e/ou força de vontade, mas na verdade não dou demasiada importância a nenhuma delas porque não as conheço.  As pessoas que mais admiro na vida, sem sombra de dúvidas, por todas as razões e mais algumas, são os meus pais. Eles são os meus verdadeiros ídolos e mais ninguém. Projectos para o futuro?  Tirando filhos e viagens, sinto-me bastante realizada Obrigada Raquel :)





22 visualizações